IMG_2648.JPG

Olá!

Bem vindo ao nosso blog. Aqui eu conto um pouco sobre minhas experiências dentro da Odontologia nos EUA e o Processo de Validação do Diploma de Odontologia nos EUA. Espero que você aprenda bastante!

O Plano para Amanhã

O Plano para Amanhã

            Um dos grandes males dos Dentistas – e claro que neste grupo eu também me incluo – é a inabilidade de desenvolver assuntos totalmente alheios à sua área de atuação. Parece que existe um bloqueio na mente dos profissionais da área que impede a procura e desenvolvimento de qualquer outro assunto que não seja relacionado a dentes, boca, maxila, mandibular, articulação temporomandibular, bruxismo, consultório, pacientes, casos clínicos e inadimplência.

            Quase triste. Não concorda? Tudo bem. É direito seu. Mas procure observar em uma roda de colegas Dentistas qual é o assunto. São pouco, muito poucos, os que se aventuram a falar sobre qualquer outro assunto. Politica nem vale porque nestes dias de dicotomia em que o Brasil vive, todo mundo tem a sua opinião sobre o assunto. É mais ou menos como na Copa do Mundo. Todo mundo sabe mais que o técnico da seleção e ninguém sabe mais que ninguém.

            No meu ultimo ano da Faculdade a cadeira de Odontopediatria procurou abrir um pouco mais a cabeça dos alunos sobre este mal que vem cercando os profissionais da área. Na época nosso professor Titular deu algumas aulas – bem poucas para dizer a verdade – e isto foi uma coisa que ele afirmou e disse duvidar de alguém que fosse capaz de contra dizê-lo. Tanto é que o Curso de Especialização que ele ministrava ele dizia que a primeira coisa que ele fazia era fazer seus alunos lerem Macunaíma de Mário de Andrade para poder discutir o livro em sala de aula. Mas o que uma coisa tem a ver com a outra?

            A intenção dele – segundo ele mesmo disse – era possibilitar os seus alunos a tornarem-se profissionais diferenciados com uma cultura mais abrangente e dando a eles no final do curso mais informação de vida para o futuro dentro da Odontologia. Mas... eu me pergunto: Seria isto realmente válido?

            Eu creio que a cultura que falta dentro da Odontologia é a cultura de empresa. Poucos são os que tem correndo em suas veias o sangue do empreendedorismo. Poucos são os que sabem gerenciar e direcionar o futuro que ele deseja para sua vida pessoal e profissional. Eu tenho um amigo que é médico. Nós nos conhecemos desde os nossos 12 anos. São mais de 30 anos de amizade. Depois dos 15, 16 anos ele mudou de escola, seguiu a Medicina, perdemos o contato e como muita gente o Facebook nos aproximou novamente. Tive a chance de visita-lo em Araguaína no Tocantins e conhecer o trabalho que ele vem realizando ali. Conversando com ele e sua esposa, ela me disse que ele já tem a vida deles planejada para 10 anos à frente. Ele tem um alvo, um objetivo traçado e sabe exatamente onde ele está e para onde ele quer ir.

            Quando eu me formei, ainda que eu tivesse sido alertado que as coisas não eram tão fáceis quanto me falavam ou eu imaginava, eu não tinha a menor ideia de onde eu estava e para onde eu queria ir. Ainda hoje eu paro e me pergunto sobre o que fazer no futuro? Alternativas de trabalho caso eu perca o meu trabalho hoje. Teria eu condições de executar com a mesma disposição alguma outra área de trabalho? E daqui a 10 anos? Onde eu estarei? Quais os planos que eu tenho para o futuro? Tenho um plano B?

            São perguntas que todos nós devemos fazer, e mesmos aqueles que fazem os planos e se preparam podem cair do cavalo. Vejam esta história:

            Entre 2008 e 2009 um executivo dos Estados Unidos decidiu riscar da sua lista de desejos antes de morrer fazer uma viagem solitária pela Antártida. Ele se reuniu com uma equipe de pesquisadores e saiu para retornar dali 3 meses. Estava sozinho, com pessoas e colegas novos, fazendo novas amizades e aprendendo assuntos novos. Estava realizando o sonho da sua vida quando ele recebe uma mensagem do Capitão do navio dizendo que ele tinha um telefona urgente para atender. Sua família sabia exatamente onde ele estava e o que ele estava fazendo. Receber uma ligação através de um telefone via satélite, certamente alguma coisa realmente séria tinha acontecido. Ao atender, sua esposa estava do outro lado dizendo que eles tinham perdido todo o dinheiro e todo o investimento de suas vidas. Bernie Madoff o maior especulador financeiro de Wall Street tinha desviado mais de 65 bilhões de dólares, lesando grandes corporações e investidores que acreditaram nele. Em menos de 30 segundos ele viu sua vida toda ruir. Ainda que ele tivesse planejado tudo de maneira metódica e se preparado para desfrutar sua vida depois de se aposentar, ele se viu completamente sem rumo.

            Começamos a falar de cultura e acabamos desviando para investimento. Mas tudo bem. O que eu quero dizer é que como Dentistas nós precisamos sair deste circulo que vivemos. Precisamos expandir nossa visão e procurar conhecer as coisas e as pessoas ao nosso lado. Comece pelo seu vizinho de consultório. Converse sobre assuntos diferentes, leia, aprenda e ensine aos outros o que você aprendeu. Viaje, escreva sobre o que você viu, tire fotografias, tenha um hobby e saia de dentro do consultório. A vida é mais do que dentes, facetas, coroas e implantes. Live your life to the fullest and die empty.

            Um abraço e sucesso sempre!

Doze Anos

Doze Anos

O Mercado de trabalho   

O Mercado de trabalho