IMG_2648.JPG

Olá!

Bem vindo ao nosso blog. Aqui eu conto um pouco sobre minhas experiências dentro da Odontologia nos EUA e o Processo de Validação do Diploma de Odontologia nos EUA. Espero que você aprenda bastante!

Deixe seu ego na porta

Deixe seu ego na porta

   Trabalhar em um Centro de Saúde Comunitário nos Estados Unidos – Massachusetts mais precisamente – requer uma dedicação muito grande por parte daqueles que decidem partir para este ramo de atuação. Aqui nos EUA estuda-se 8 anos para se formar um Dentista. Carrega-se uma divida estudantil enorme para, ao final de centenas de milhares de dólares em divida, dedicar sua vida profissional para atender quem não irá te dar o retorno financeiro necessário para cobrir sua divida estudantil.

            Eu já comentei aqui neste blog que uma das grandes diferenças entre os Dentistas Norte-Americanos e Brasileiros é a visão que eles têm da sua atividade profissional. Quando um Dentista Americano coloca um consultorio Odontológico para funcionar a sua visão principal e expectativa é fazer lucro. Uma empresa tem que fazer lucro. Uma empresa prestadora de serviço deve entregar o que o paciente (cliente) espera (o melhor tratamento clinico) e ao final do mês o balanço financeiro deve ser positivo. Ninguém aqui monta um consultório para fazer favor para amigos ou caridade. Caridade é feita em determinados momentos do ano. Mas em um dia que se dedica exclusivamente para este fim. Tenho com conhecido que dedica um dia do ano para fazer atendimento a veteranos das forças armadas sem cobrar nada deles. No restante do ano seu lucro liquido gira em torno de 100 mil dólares por mês.

            Viver de uma atividade tão rentável como esta dirige a mente destes Dentistas para um lado que por vezes é difícil de se adequar à atividade dentro de um Community Health Center (CHC); isso porque em um CHC o objetivo principal é a interrupção da doença cárie. Dentro de um consultório particular o objetivo principal é a geração de lucro; e lucro dentro de um consultório particular se obtém através da execução de tratamento que invariavelmente não é coberto pelo seguro que os pacientes de um CHC tem.

            E o que o ego tem a ver com tudo isso?

            “Deixar o ego na porta” foi uma das primeiras coisas que ouvi quando comecei a trabalhar aqui nos EUA. Significa dizer que quando você trabalha em um CHC você deve deixar do lado de fora tudo o que você achar que é para poder atender aqueles que não tem nada a te oferecer. Dentro de um CHC o Dentista é quem tem a oferecer. O prestador de serviço é quem deve servir ao paciente e sem esperar nada em troca. Olhar para um paciente com uma condição oral devastada por anos de negligência e se dedicar a restabelecer o mínimo de saúde bucal sem esperar nada por parte deles. Dedicação e exercício diário de desprendimento e amor ao próximo.

            O trabalho como Limited Licensed Dentist em Massachusetts pode parecer muito atrativo para muitos Dentistas do Brasil que ouvem falar sobre essa possibilidade de se trabalhar com Odontologia nos EUA sem ter o Diploma validado. Lembre-se, no entanto, que o exercício da sua profissão em solo americano estará atrelado à uma vida simples, sem o luxo dos colegas que trabalham em consultórios particulares e ganham muito mais que você. A sua vida como Dentista em um CHC será feita de pequenas vitórias e muitos agradecimentos, algumas reclamações e dinheiro suficiente para ter uma vida confortável e sem luxo.

            Se você consegue viver sem ter seu ego massageado constantemente e seu nome colocado em letras garrafais na frente de um prédio talvez você tenha o perfil correto para tal atividade. Um abraço e sucesso sempre!

          

Setembro 2007

Setembro 2007

Experiência para a vida

Experiência para a vida