IMG_2648.JPG

Olá!

Bem vindo ao nosso blog. Aqui eu conto um pouco sobre minhas experiências dentro da Odontologia nos EUA e o Processo de Validação do Diploma de Odontologia nos EUA. Espero que você aprenda bastante!

Por onde começar?

Por onde começar?

            Tenho tido um prazer muito grande com este blog.

            Um canal de comunicação que consegue alcançar muita gente pelo mundo.

            O que me surpreende é que não existia nada similar até então. Perguntas como:

            - Como é possível validar o Diploma de Odontologia nos EUA?

            - É possível um Dentista Brasileiro trabalhar como Dentista nos EUA?

            - Qual tipo de prova preciso fazer para poder trabalhar como Dentista nos EUA?

            - Posso fazer essas provas no Brasil eu preciso ir para os EUA?

            Este blog que se iniciou com meu desejo de contar minha experiência como Dentista em solo Americano acabou tornando-se uma referência para tantos que, como eu, tiveram o sonho de buscar a atividade dentro da Odontologia nos Estados Unidos.

            A Odontologia nos Estados Unidos é uma área de atuação que demanda muito mais tempo de dedicação ao estudo se comparado com o Brasil. O processo de formação de um Dentista nos Estados Unidos demanda 8 anos até sua graduação e, posteriormente, alguns outros anos de Residência dentro da área de Especialização. Muito parecido com a área médica no Brasil. O médico no Brasil cumpre seus 6 anos dentro da faculdade de Medicina mais o tempo necessário como Residente até tornar-se um Especialista.

            Isso acaba entrando muito em conflito com o que a gente passa no Brasil para ser considerado Especialista dentro da Odontologia. Quando eu me graduei em 1998, estávamos vivendo a transição dentro da Atividade quando os recém-formados estavam ingressando imediatamente dentro da especialização sem que houvesse um contato mais íntimo com a Clinica Geral. Alguns anos antes da minha graduação, os recém-formados eram exigidos que cumprissem pelo menos 2 anos de clinica geral para poderem se tornar elegíveis para algum curso de Especialização. Hoje vê-se uma criação absurdamente grande de cursos de especialização para suprir a demanda de recém-formados que buscam, logo após a formatura, tornarem-se Especialistas. Não somente isto, tenho tido contato através do blog com profissionais que possuem 2 ou 3 diferentes especializações dentro da Odontologia.

            Não vou discutir sobre este assunto. Se a pessoa tem condições de fazê-lo, eu acho excelente. Mas não dá para imaginar que aqui nos Estados Unidos um Dentista possua mais de 1 Especialização. O caminho até chegar a uma Residência aqui nos Estados Unidos é longo, por vezes caro e demanda dedicação exclusiva por parte do aluno. São aulas e elaboração de projetos e atendimento clinico dedicado 100% àquela área. No Brasil dedica-se alguns dias da semana, mensalmente ou por vezes quinzenalmente para formar um Especialista. A carga horária cumprida nos Estados Unidos chega a ser quase similar ao que se dedica à formação de um Dentista.

            Mas... e a pergunta do inicio? Por onde começar?

            Se você é Dentista no Brasil e deseja validar seu Diploma de Odontologia nos EUA, o caminho está aberto e é possível de ser trilhado.

            A primeira coisa que a pessoa precisa fazer é se preparar para as provas do National Board of Dental Examinations (NBDE) parte I e II.  Uma coisa importantíssima para se lembrar é que estas duas provas devem ser feitas exclusivamente nos Estados Unidos. Como elas demandam muito tempo para estudo eu sugiro sempre que a pessoa se planeje para passar alguns dias nos EUA. Faça a inscrição em uma localização próxima a algum lugar onde você poderá descansar depois da realização da prova. Os Parques da Florida são sempre uma boa pedida porque tem sempre voo direto para aquela região e a garantia de descanso e lazer é garantida.

            Se você segue este blog você já viu que estas duas provas irão ser unificadas em uma somente. Até 2022 estas duas provas irão deixar de existir e uma somente contendo, provavelmente, 900 questões divididas em 3 dias de prova. Você pode achar mais informação clicando aqui.

            Posteriormente a aprovação nas duas provas o próximo passo é a realização da prova do TOEFL. Esta prova irá mostrar para a futura instituição de Ensino que você tem condições de entender, ler, escrever e se comunicar em inglês. A sugestão de fazer esta prova depois de ser aprovado nas provas NBDE parte I e II é porque ela tem validade. Se depois de 2 anos da realização desta prova você não conseguiu aplicar para nenhum programa de Validação do Diploma a prova irá expirar e você deverá fazê-la novamente. Para evitar gastar com duas inscrições e duas realizações de provas complete as fases I e II do NBDE e depois concentre-se em fazer a prova de Inglês. Ao contrario das provas do NBDE que dão somente o resultado PASS/FAIL a prova do TOEFL irá graduar você com nota que vai até 120. Uma nota competitiva para o ingresso aos programas do Advanced Standing Program começa a partir de 100. Algumas Instituições podem pedir notas um pouco menor ou um pouco maior que 100. É sempre bom mirar mais acima para conseguir a maior nota possível.

            Com relação a realização desta prova, é possível fazê-la no Brasil e isso é uma coisa que eu sugiro para todos que a realizam. Fazer a prova no Brasil irá te dar uma maior chance de conseguir uma nota mais alta. Digo isso porque muitos dos candidatos que fazem esta prova nos EUA vem de países onde o inglês é falado, escrito e dominado pela grande maioria da população. Ainda que eles tenham o inglês como segunda língua se a graduação deles foi feita em outro idioma as Universidades Americanas irão exigir a prova de Inglês e, para eles é moleza, porque eles sempre falaram inglês como segundo idioma. Sua pronuncia, redação e compreensão é infinitamente melhor do que a nossa que temos somente o Português como idioma. Mais informação sobre o TOEFL clique aqui.

            Uma vez de posse dos resultados destas provas o próximo passo é fazer as aplicações para os programas Advanced Standing. Estes programas são dedicados para Dentistas graduados fora dos Estados Unidos voltado exclusivamente para a validação do Diploma de Odontologia. Cada uma das Universidades que dispõe deste programa tem suas politicas de inscrição para os candidatos. Algumas exigem que o candidato tenha residência permanente em solo americano. Outras aceitam os candidatos com o visto de estudante. A minha sugestão, sempre, é que a pessoas faça a pesquisa mais detalhada possível sobre a Universidade que ela quer cursar para poder se encaixar precisamente nos critérios exigidos.

            Nós criamos uma Apostila com uma descrição mais aprofundada sobre o assunto e ela pode ser adquirida através deste link.

            O processo é longo, mas é extremamente recompensador.

            Um abraço e sucesso sempre!

 

           

           

Vamos falar sobre dinheiro

Vamos falar sobre dinheiro

Porque um dia eu ja me perguntei se era possível

Porque um dia eu ja me perguntei se era possível