IMG_2648.JPG

Olá!

Bem vindo ao nosso blog. Aqui eu conto um pouco sobre minhas experiências dentro da Odontologia nos EUA e o Processo de Validação do Diploma de Odontologia nos EUA. Espero que você aprenda bastante!

Quem é você?

Quem é você?

          Quem é você?!

            É justamente esta pergunta que as Universidades Americanas querem saber: Quem é você?

            Sendo Fulano de Tal ou mesmo o irmão dele – Siclano de Tal – o que as Universidades Americanas – Escolas de qualquer área de ensino – querem saber é quem é a pessoa que está aplicando para seu quadro de alunos. E como fazer para se apresentar de maneira com que eles se interessem por você?

            Bom... pra isso é preciso ter uma boa lábia... ou uma boa redação.

            Isso mesmo! Uma boa redação!

            Não bastasse passar por todo o processo burocrático que envolve o processo de aplicação para o ingresso dentro de um programa de Validação do Diploma, é necessário que você gaste tempo de qualidade em frente um computador para pode contar quem é você.

            Mas veja bem: Não é pra contar coisas de quando você era pequeno e de como a sua avó, ou sua madrinha, ou sua tia e até mesmo sua mãe te achavam uma gracinha e uma belezinha quando pedia para ir ao banheiro.

            O que eles estão procurando saber é de que maneira você – o futuro candidato – poderá contribuir com a Universidade em termos de diversidade, conhecimento secular, voluntariado e experiência de vida. Como já disse em outro post, o que as Escolas querem saber é de que maneira você irá fazer diferença dentro do ambiente escolar. Por isso, todo trabalho voluntario, em Igrejas, associações, trabalhos extramuros irão fazer a diferença para que eles se interessem e decidam te chamar para uma entrevista.

            Você quer escrever alguma coisa interessante e que salte aos olhos da pessoa que está lendo e a faça pensar: “Puxa vida!... eu acho que ele(a) seja uma pessoa interessante para que a gente conheça melhor.”

            Existem técnicas para elaborar esta redação e deixa-la mais atrativa. Existem pessoas especializadas que fazem a leitura destas redações e que têm a habilidade de saber se a pessoa está inventando ou sendo sincera naquilo que foi escrito.

            Outra coisa importante a se fazer é conversar com um professor de inglês para que ele(a) possa te ajudar na correção ortográfica, gramatica e construção desta redação. E isso é de muita importância, porque não adianta ter uma boa pontuação no TOEFL e escrever “nóis vai e nóis vorta” em inglês. Você deve se esmerar em fazer uma carta de apresentação com uma qualidade de redação do nível que se espera de um futuro profissional de Odontologia nos EUA.

            Faça um levantamento de tudo o que você já fez. Coisas de importância junto a sua comunidade. Eventos elaborados, levantamento de verbas para seu clube, associação ou Igreja. Mostre que você tem espirito de liderança e conte sobre os resultados obtidos. Viagens missionárias e ajudas humanitárias. Qualquer coisa que faça seu nome e história de vida saltar aos olhos de quem está lendo.

            Comece a juntar sua historia e mãos a obra!

            Um abraço e sucesso sempre!

           

Especialização nos EUA

Especialização nos EUA

O que acontece no dia da Entrevista?

O que acontece no dia da Entrevista?