IMG_2648.JPG

Olá!

Bem vindo ao nosso blog. Aqui eu conto um pouco sobre minhas experiências dentro da Odontologia nos EUA e o Processo de Validação do Diploma de Odontologia nos EUA. Espero que você aprenda bastante!

Um Colega Aprovado

Um Colega Aprovado

Minha experiência como Dentista formado no Brasil e trabalhando nos EUA tem ajudado muitos outros colegas brasileiros que desejam exercer a Odontologia aqui na terra do tio Sam. Sempre procurei deixar bem claro, que ainda que o processo seja longo e caro, não é impossível como foi-me dito no meu primeiro ano de Faculdade.

            Validação de Diploma, Advanced Standing Program, NERB, NBDE parte I e II, AEGD... eu não conhecia nada sobre estes programas, provas e possibilidades. Tudo isto começou a aparecer na minha vida conforme os dias foram se passando.

            Esta semana foi confirmado que um colega com quem trabalho foi aceito no Advanced Standing Program da Tufts Univeristy School of Dentistry em Boston, MA. Ele é graduado nas Filipinas e trabalha conosco ha pouco mais de um ano e meio. Ao contrario de mim, ele vem se preparando para ser aceito neste programa ha pelo menos 3 anos. Foi aprovado no NBDE parte I e II (pré requisitos para ser aceito pela Tufts University), TOEFL, NERB – parte clinica e escrita – e logo mais em Abril dará inicio a validacao do seu Diploma em uma das mais conceituadas Faculdades de Odontologia dos EUA. Leia-se ainda, mais conceituadas e também uma das mais caras. O programa para Dentistas estrangeiros concluírem o programa gira em torno de US$130,000.00 (Cento e trinta mil dólares).

            Na ultima sexta feira estávamos conversando sobre seus últimos dias trabalhando conosco e algumas perguntas me vieram a cabeça. Pensando nas informações que poderia compartilhar aqui no blog, quero deixar algumas impressões obtidas diretamente de quem esta a poucos dias de começar suas aulas.

1)   Moradia.

Morar em Boston é uma das aventuras mais caras que existe. Uma quitinete próxima a faculdade não sai por menos de US$1,200.00 (mil e duzentos dólares por mês). Ainda não esta incluído agua, eletricidade e alimentação. Segundo informação obtida, consegue-se viver  com um orçamento de US$2,000.00 (dois mil dólares) por mes. Mas viver entende-se: estar abrigado, não morrer de frio e fome. Nada de futilidades como internet a cabo, TV a cabo e smart fones.

2)   Locomoção .

Possuir em carro em uma cidade grande como Boston requer um orçamento relativamente grande. Caso seu carro ainda esteja financiado, além do pagamento mensal deste, é necessário fazer o pagamento de uma garagem para estaciona-lo. Um dos pontos que foi discutido nesta conversa que tive, foi que este colega esta com o coração na mão e triste por imaginar que terá que dispor do seu carro, pois ele não terá onde guarda-lo nem como paga-lo, faltando pouco mais de um ano e meio para quita-lo.

3)   Trabalho.

Como ja comentei anteriormente estudante estuda e não trabalha. Devido a carga horaria extremamente intensa colocada sobre os alunos estrangeiros, a possibilidade de trabalho praticamente inexiste. Os finais de semana são usados para planejamento de casos clínicos, elaboração de trabalhos escritos, muita leitura e estudo. Sei de pouquíssimos casos onde alunos estrangeiros conseguem fazer um pouco de dinheiro trabalhando em Community Health Centers aos finais de semana – sábado e domingo ou um ou outro. Trabalhando um dia de 8 horas por semana a uma media de US$45.00 (quarenta e cinco dólares) por hora, consegue-se fazer pouco mais de US$1400.00 (mil e quatrocentos dólares) por mês. Isto sem ter o desconto do Imposto de Renda que tira perto de 27% do valor bruto. Da pra pagar a mensalidade do seu smart fone.

4)   Gasto imediato.

Para poder reservar a vaga na Escola é necessário fazer um deposito – não retornável – de US$3,000.00 (três mil dólares). Uma vez o ingresso concluído, será ainda requerido outros US$2,000.00 (dois mil dólares) para efetivação da sua matricula. Quer vir validar seu Diploma de Odontologia nos EUA? Reserve US$5,000.00 (cinco mil dólares) para cada escola que aceita-lo como aluno. Minha sugestão é de escolher uma e tentar a todo custo ser aceito por ela. Este colega foi aceito em duas universidades. A primeira em Chicago soltou sua aprovação cerca de 1 mes antes do resultado que ele desejava em Boston. Para segurar sua reserva de matricula, ele pagou antecipadamente os cinco mil dólares. Pouco tempo depois a Tufts University chamou-o já pedindo três mil dólares. Os outros dois mil serão pagos em dois meses consecutivos. Os cinco mil pagos para a primeira Escola ele nunca mais vera na sua frente. Os outros cinco mil que terá o pagamento concluído até o meio do ano sera colocado nos cento e trinta mil dólares a serem pagos pelo  curso.

Fiz uma pequena pesquisa sobre o preço das Faculdades de Odontologia no Brasil e uma aqui dos EUA. Os números foram surpreendentes.

            Cheguei a conclusão que um ano pago em uma Faculdade Norte Americana equivale a quatro anos de uma brasileira.

            Fazer Odontologia no Brasil não é uma aventura para muitos. Mas ainda muitos a seguem.

Aqui nos EUA somente os melhores alunos são aceitos nas Escolas. Passam por provas e testes e entrevistas e toda sorte de seleção necessária para se ter certeza que o nível de qualidade de ensino e estudantes seja sempre o melhor.

            Um abraço e sucesso sempre!

Advanced Standing Program

Advanced Standing Program

Advanced Standing Program

Advanced Standing Program