IMG_2648.JPG

Olá!

Bem vindo ao nosso blog. Aqui eu conto um pouco sobre minhas experiências dentro da Odontologia nos EUA e o Processo de Validação do Diploma de Odontologia nos EUA. Espero que você aprenda bastante!

Atenção para os pequenos detalhes   

Atenção para os pequenos detalhes  

 

         O desejo de todos nós é ter sucesso na vida. O sucesso para cada um de nós tem um sentido e formato diferente. Para uns é conseguir sobreviver a cada dia. Para outros é ter a certeza de ter feito a coisa certa. Para outros é ter dinheiro no bolso. Para outros ainda é ter saúde para dar e vender... O fim do ano chegando...

         Hoje eu gostaria de trazer à tona um assunto que eu acredito que possa fazer a diferença na sua vida futura aqui nos EUA. Os pequenos detalhes.

         Redundância ou não, esses pequenos detalhes podem fazer uma diferença enorme na sua vida aqui nos EUA. Vou dar um exemplo que aconteceu comigo para poder ilustrar o que eu quero dizer:

        

(Eu não tive problemas com relação a minha situação imigratória aqui nos EUA. Eu acho que já falei sobre isso aqui, mas se não, aqui vai novamente: Eu nasci aqui nos EUA e fui criado no Brasil. Para o tempo que eu vivi no Brasil todo mundo me chamava de “americano” e quando cheguei aqui nos EUA todos me chamam de “brasileiro”. Tudo bem. Sem problema. Ainda que eu tenha nascido aqui, cidadania, todos os direitos legais e oferecidos aos cidadãos natos, eu ainda assim, por ter me graduado no Brasil represento parte do grupo de Dentistas considerados Estrangeiros buscando seu lugar ao sol aqui nos EUA. Tudo bem? É isso ai.)

 

         No momento que eu decidi de vez que eu ia ficar aqui nos EUA e não ia mais voltar ao Brasil, eu precisava trazer a minha esposa para viver comigo. Há quase 8 anos casados, seria demais eu dizer: tchau! Até mais! Não! Eu nunca faria isso! Ela foi uma das pessoas que me motivaram a sair do Brasil e buscar alguma coisa melhor. Uma companheira sempre presente e pronta para me ajudar no que fosse preciso. Agora era a minha vez de ajuda-la. A melhor coisa para fazê-lo? Preencher a documentação para que ela mudasse o status imigratório dela de turista para futura residente – uma hora eu conto sobre o processo todo...

         Para quem decidir viver nos EUA, eu já vou avisando que aqui tudo exige muito, mas MUITO papel preenchido. Uma burocracia enorme!! Papel e formulários e documentos, tradução juramentada... é uma coisa de louco. E para não deixar este que vos escreve de lado, a quantidade de documentos que eu precisava preencher e levantar para enviar para o Governo era enorme. A atenção aos detalhes não estava sendo minha prioridade.

         Quando nos casamos, decidimos fazer duas cerimônias separadas. Uma no cartório civil e outra na Igreja. Ainda que nosso Pastor tivesse a autoridade para fazer o casamento no Civil durante a cerimônia religiosa, decidimos fazer separado para economizar. Não foi aquela economia, mas pra gente foi o que dava pra fazer. Casamo-nos no civil na sexta feira e na Igreja no sábado. E pra gente a data do nosso casamento que consideramos é a data do casamento realizado na Igreja.


         Mas não é isso que o documento pede. Eles não querem saber que dia vocês consideram. Eles querem saber o dia que vocês se casaram civilmente.

         Então quando comecei a preencher a documentação para dar entrada no pedido do visto especial para ela, eu preenchi 4 vias na data da cerimonia da Igreja. E diga-se que na época eu não tinha computador, impressora ou nada similar. Eu tinha que me dirigir a uma loja da Staples, pagar para acessar o computador, pagar para imprimir a documentação, fazer as copias, tudo sozinho. Nada da facilidade que eu tenho hoje.

         Tudo preenchido, “revisto” duas, três, quatro vezes... coleta dos documentos originais, autenticados, traduzidos, envelopes, formulários, ordem de pagamento emitida pelo correio anexada e... deixa eu dar mais uma olhada...

         Rever documento por documento, data por data e... pronto. A data do casamento estava errada. Estava tudo errado! De todas as vias.

         Um erro besta, confesso, que foi pego antes de enviar a papelada pra frente, porque o pior é quando a gente não se da conta, espera um tempo enorme para receber resposta e dentro do envelope vem uma carta dizendo que os documentos não conferem, é preciso enviar tudo de novo mais a taxa novamente porque aquela não era reembolsável.

         Então... sugestão de amigo, porque conselho custa caro:

         Revise duas, três, quatro, cinco, seis vezes a sua documentação antes de passar para frente. Atenha-se aos detalhes mínimos para ter certeza que você não vai receber nenhum pedido de reenvio ou a necessidade de desembolsar a taxa de aplicação novamente.

         É isso ai, não desistam do sonho da Odontologia nos EUA. Não é fácil, mas se alguém disser que é impossível, pode chama-lo(a) de mentiroso(a). Alias... não faça isso não. Manda vir falar comigo.

         Um abraço e sucesso sempre!

        

Limited License - Massachusetts

Limited License - Massachusetts

Conversa no Shopping Center

Conversa no Shopping Center