IMG_2648.JPG

Olá!

Bem vindo ao nosso blog. Aqui eu conto um pouco sobre minhas experiências dentro da Odontologia nos EUA e o Processo de Validação do Diploma de Odontologia nos EUA. Espero que você aprenda bastante!

É fácil, mas não tão fácil assim

É fácil, mas não tão fácil assim

          Nem tudo o que não é difícil quer dizer que seja fácil. Nem tudo que seja fácil significa dizer que seja impossível. Mas nada que seja impossível é fácil, porque se não tem como fazer qual é o objetivo de se tentar?

         Certa vez foi-me dito que era impossível ser Dentista nos EUA sendo graduado no Brasil. Eu consegui. Está certo que minha condição de cidadão americano ajudou no quesito documentação e da não necessidade de aguardar o Green Card ou outro documento para minha permanência no pais. Isto posto, quero sempre deixar bem claro que as mesmas dificuldades de quem busque exercer a Odontologia nos EUA vindo de um país diferente são as minhas mesmas dificuldades. National Board of Dental Examination parte I e II, TOEFL, 2 ou 3 anos de faculdade, provas práticas em pacientes e manequins. Ou Residência em uma das áreas de Especialidade nos EUA envolvendo, claro, NBDE parte I e II, TOEFL, provas praticas em pacientes e manequins. Ou seja: pouco ou quase nada de diferente um do outro.

         O que acabou diferenciando no meu caso foi a modalidade de Licença que o Estado de Massachusetts oferece. A Limited License para Dentistas oferece a oportunidade de quem não se graduou em Faculdade reconhecida nos EUA o exercício por até 5 anos em Centros de Saúde Comunitário, sempre sob a supervisão de um Dentista graduado nos EUA como seu superior direto. A exceção acontece quando o portador da Limited License é aprovado em prova prática em paciente e manequim, conseguindo estender de maneira indefinida a renovação da Licença.

         Muitos entram em contato comigo perguntando sobre essa Limited License. O mínimo necessário são 3 anos de experiência, o Green Card ou a cidadania americana, a prova do TOEFL e outros requisitos que devem ser alcançados durante o primeiro ano de exercício da atividade dentro desta Licença. Tudo bem. Deu pra ver que é possível, certo? Não é fácil, mas também não é impossível.

         Pois bem: logo quando eu cheguei aqui nos EUA eu ouvi falar alguma coisa sobre o Estado de Minnesota – Centro Norte dos EUA – que possibilitaria Dentistas graduados fora dos EUA a obter a licença para trabalhar ali sem que houvesse a necessidade de validar o Diploma. OPA! Isso é interessante! O que fazer para trabalhar como Dentista nos EUA sem precisar fazer empréstimos e financiamento a pagar por 30 anos depois de concluído o curso? Vamos aqui colocar o que o Estado exige do futuro Dentista graduado fora dos EUA sem que seja necessário passar pelo Advanced Standin Program para validar o Diploma de Odontologia nos EUA:

         O Board of Dentistry de Minnesota irá verificar se o curso feito no Brasil – vamos pensar no Brasil, mas pode ser de qualquer outro país – é equivalente ou melhor do que o curso oferecido pelas Faculdades que são reconhecidas pelo CODA (Commission on Dental Accreditation of the American Dental Association).

         Para que isso aconteça o Board irá revisar as credenciais e o histórico escolar do candidato.

         Deve-se lembrar, também, que o Board estará avaliando o candidato através de equivalência. Eles consideram que o conteúdo do curso feito fora dos EUA nos quesitos de horas/aula nas partes clinicas, laboratorias devem ser similares aos oferecidos pelas Universidades reconhecidas pelo CODA. Eles exigem que o candidato tenha uma nota mínima no valor “C” ou melhor que “C” em todas as matérias. Isso equivale a notas 7.3 o acima disto.

O Board, então, irá tomar a decisão de aceitar o pedido ou não. Existem 3 respostas que o Board pode oferecer:

1)    Candidato Aprovado para buscar a Licença

O Board entrará em contato com o candidato para dizer que ele preencheu os requisitos mínimos para a obtenção da licença. Eles pedirão para fazer uma entrevista com o candidato e o envio através de formato eletrônico de 3 casos clínicos concluídos pelo candidato onde este irá enviar os prontuários que mostrem o diagnostico e tratamento juntamente com as radiografias. Este encontro será presencial e será o próximo passo na determinação do candidato ser qualificado ou não para a Limited General License. Após a entrevista e apresentação dos casos clínicos, ainda existirão mais requerimentos a serem cumpridos antes da emissão da Limited General License.

2)    Pedido em Espera

Se o Board assim determinar que você deva apresentar ainda outros documentos, seu pedido será colocado em espera. Você devera apresentar as informações necessárias exigidas pelo Board em no máximo 60 dias ou iniciar todo o processo novamente.

Dois cenários diferentes podem acontecer:

a)     O Comitê de Avaliação pedirá informações adicionais sobre seu curso ou experiência clinica caso eles julguem que a documentação enviada não seja clara sobre sua experiência clinica

b)    O Comitê de Avaliação pedirá materiais que estejam faltando ou incompletos.

                  

         O fato de o pedido estar em espera não garante que o candidato seja apto a conseguir a Licença. Se o Comitê de Aprovação colocar seu pedido em espera o candidato receberá notificação sobre suas opções no âmbito legal de aceitar ou não o pedido do Comitê.

3)    Pedido Negado.

O Comitê de Aprovação dirá que o candidato não cumpre as considerações mínimas para licença e negará a licença. Neste caso o candidato é notificado da decisão e tem a opção de apelar diante do Board. O candidato, então, devera provar que este cumpre os requerimentos exigidos pelo Board para dar prosseguimento ao pedido.

 

Processo:

Cada aplicação é considerada caso a caso. Logo mais vamos mostrar os documentos necessários para dar inicio ao Processo de Revisao para Credenciamento. Todas as cópias devem ser autenticadas por um notário publico para garantir a legitimidade com o documento original. As copias não assinadas pelo Notario Publico não são consideradas. Os documentos que não são em inglês devem seguir com a Traducao juramentada – Original ou copia autenticada.

 

Primeiro passo:

Enviar os documentos necessários para revisão.

Segundo passo:

·      Pagamento de uma taxa de US$200.00 em cheque ou ordem de pagamento

·      Resultado das provas do NBDE parte I e II.

·      Resultado da prova de Inglês TOEFL com pontuação mínima de 92 para o iBT

·      Avaliação completa dos documentos pedidos no primeiro passo.

·      Curriculum Vitae

·      Certificado de conclusão de um curso de segurança do trabalho e controle de infecção.

·      Diploma de Odontologia

·      Outros Diplomas de Certificados

·      Prova de exercício da prática clinica segundo os critérios de duração, verificação, abrangência da pratica e o ultimo dia que trabalho.

·      Depoimento

·      Questionário para Dentistas Estrangeiros.

Terceiro passo:

O comitê avalia os documentos e informa aos candidatos a decisão.

Quarto passo:

Possível entrevista incluindo o envio dos prontuários dos pacientes. Este procedimento deve ser feito pessoalmente.

Quinto passo:

Se sua entrevista for bem sucedida o candidato recebe autorização para fazer o teste pratico do Estado de Minnesota. O custo é de responsabilidade do candidato. Este exame é agendado quando houver um numero mínimo de candidatos.

Sexto passo:

Ser aprovado em uma das provas de proficiência dentro da Odontologia.

CRDTS, WREB, CDCA, SRTA, CITA

Sétimo passo:

Completar o exame de Jurisprudência do Estado de Minnesota.

Oitavo passo:

Preenchimento da aplicação para a Limited General License sob a Supervisão de um Dentista Americano. Esta licença permance com o candidato por 3 anos e após este tempo o Board of Dentistry emite a licença total e definitiva.

Nono Passo:

Emissao da Limited General License. Recebe-se a confirmação via email e um certificado para ser colocado na parede pelo correio. Estes dois documentos devem ser exibidos. O portador devera ser responsável pelas copias necessárias para exibição em quantos consultórios ele(a) trabalhar.

 

         Não é um trabalho fácil, mas também não é impossível!

         Mãos a obra!

         Um abraço e sucesso sempre!

Conversa no Shopping Center

Conversa no Shopping Center

Uma visão de outro mundo

Uma visão de outro mundo